Livro de Mateus, capítulo 12, versículos 33 a 37

Comentários
33. Ou dizeis que a árvore é boa e seu fruto bom, ou dizeis que é má e seu fruto, mau; porque é pelo fruto que se conhece a árvore. 

34. Raça de víboras, maus como sois, como podeis dizer coisas boas? Porque a boca fala do que lhe transborda do coração. 

35. O homem de bem tira boas coisas de seu bom tesouro. O mau, porém, tira coisas más de seu mau tesouro. 

36. Eu vos digo: no dia do juízo os homens prestarão contas de toda palavra vã que tiverem proferido. 

37. É por tuas palavras que serás justificado ou condenado.

back to top