Qual o tipo de vida que você está vivendo?

Comentários
Pr. Silmar Coelho
Hebreus 12.12 e 13
“Por isso, restabelecei as mãos descaídas e os joelhos trôpegos. Façam caminhos retos para os seus pés", para que o manco não se desvie, antes, seja curado. “
 
Mão cansada é uma mão que não está pronta para trabalhar, uma mão sem força, enfraquecida. Simboliza, pessoas que não têm animo para o trabalho. E os joelhos trôpegos? Simbolizam joelhos sem firmeza. Quem não tem o joelho firme, não pode correr, anda com dificuldade, precisa de amparo, etc.
 
Quando eu era criança, tinha a mania de brincar andando com um pé no meio fio e o outro na rua. Parecia um manco.  O manco não tem firmeza e o  manco espiritual também não e esse é um dos motivos pelo quais o manco espiritual não vence na vida - a falta de firmeza.
 
Ao mesmo tempo que o ser humano é capaz de fazer coisas extraordinárias, tem também um olho clínico para saber o que a vida do próximo precisa, enquanto não sabe o que precisa fazer para melhorar a própria vida. 
 
A nossa transformação só acontecerá quando mudarmos a nós  mesmos. O segredo para vencer sempre foi e será a disposição para agir.
 
O problema da igreja é a aplicação da Palavra de Deus. Se aplicássemos o que aprendemos na Casa de Deus tudo seria diferente.
 
A vida toma 4 rumos diferentes e para transformarmos a nossa vida teremos que tomar um rumo certo. Se não decidirmos mudar a nossa vida, a mesma  ficará em ponto morto.
 
Iº rumo: Vida Reativa
 
O que é vida reativa? É quando a nossa vida caminha numa direção até que alguma coisa nos force a mudar de direção. Muitas  pessoas só fazem grandes coisas na vida quando a dor de continuar é muito maior do que a dor de mudar.
 
Tem gente que só procura outro emprego se for mandado embora do emprego atual, do contrário ele fica estagnado a vida toda. Tem gente que fica 10 anos noivando. Moça se o rapaz está há 10 anos noivando e não toma a decisão de casar com você ele não presta.  Reaja.
 
Tem gente que só para de comprar quando o nome vai para o SERASA. Você vai esperar pela dor para mudar a situação?  Isso é uma vida reativa. A pessoa que vive uma vida reativa fica entre a esperança e o abatimento, porque ela depende de  circunstâncias para reagir.
 
 
II º rumo:  Vida de Conformidade
 
Tem gente que vive conformado. A pessoa não quer melhorar, ele quer ser igual aos outros, desde que não afete a sua zona de conforto. O conformado vive de acordo com o que os  outros vivem.  Seja autêntico, é mais fácil ser você do que ser igual aos outros.
 
IIIº rumo: Vida de independência
 
O independente é aquele que acha que pode viver sozinho. Ele não precisa de igreja, de amigos, de tomar Santa Ceia. Na Bíblia quem andava sozinho era o leproso, porque ele não podia entrar no arraial para não contaminar os outros. Solidão é sinônimo de enfermidade. Só sou pastor  com igreja e a  igreja só igreja com pastor.
 
 
IV rumo: Vida de Intenção
 
O que é vida de intenção? É a vida que escolhemos. Quando éramos crianças havia alguém que decidia por nós e supria nossas necessidades. Estávamos com fome, alguém nos dava de comer. Estávamos com a fralda suja, de-repente alguém vinha e nos limpava e assim por diante.  Mas um dia essa vida acaba, sai do automático e vai para vida real. É uma transição. 
 
Agora temos que tomar nossas próprias decisões.  Se não fizermos a transição do automático para o natural ficaremos pra trás.
 
Lembra no início do seu casamento? Você chegava em casa e sua esposa já estava pronta pra te receber. Camisolinha, cheirosinha. O tempo passou, e agora ela dorme de moletom. Por quê? Porque a felicidade é exigente, ela quer intenção, investimento, tempo, respeito, diálogo, ela não acontece de-repente. Você precisa querer ser feliz.
 
Para ter uma família abençoada, você precisa querer e é assim em todas as áreas da vida. Existem pessoas que pedem perdão, e se viciam em pedir desculpas.  Precisamos querer não errar, não pecar. Jesus vivia uma vida de intenção: “Ninguém tira a minha vida, eu a doou...”
 
Queira viver uma vida de intenção. Ninguém me obriga a pregar a Palavra de Deus. Eu quero. Ninguém me obriga ser dizimista. Eu quero. Ninguém me obriga a ser fiel a minha esposa. Eu quero. Eu tenho a intenção de fazê-la feliz, de ser um bom pai para os meus filhos e isso porque eu quero.
 
Você precisa querer ser feliz, querer ser bem sucedido. A mesma coisa é com a saúde. A saúde é fruto do que comemos, de um sono de qualidade, de exercícios físicos. A nossa saúde depende da nossa escolha, da nossa decisão.
 
As escolhas que você fizer, afetarão sua família, o meio que você vive, sua qualidade de vida. Tenha a intenção de servir a Deus e ser fiel a Ele.
 
Tenha a  intenção de ser fiel a sua igreja, de ser fiel àqueles que investiram em você. Se você escolher viver uma vida de intenção, esse ano será o melhor da sua vida.
 
O velho homem não morre de morte natural, ele só morre quando você o leva para a cruz. Ou você vai até a  cruz e põe você mesmo lá para morrer e nascer de novo, ou o homem novo não nascerá. É uma decisão. Se decida por Deus! Não se decida por ficar igual, decida-se pela mudança.
 
Qual o tipo de vida que você está vivendo?

Pr. Silmar Coelho
Edição: Renata G. Santana

back to top