rodovia certa para chegar ao destino desejado

Comentários
Precisamos estar na rodovia certa para chegar ao destino desejado. O caminho certo para chegar ao local correto é a lealdade. Em cada estágio das nossas vidas precisamos de pessoas leais, do contrário a visão (bastão) cairá e assim a corrida acabará.

“Que todas estas palavras que hoje lhe ordeno estejam em seu coração.  Ensine-as com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado em casa, quando estiver andando pelo caminho, quando se deitar e quando se levantar.”  Dt 6.6 e 7.
Deus é um Deus de continuidade e Ele não quer que seus princípios caiam.  Princípios esses que devem ser passado dos pais para os filhos.  Dt 4.5-9. A vida cristã é uma vida de aprendizado.
Quando o ‘bastão’ cai é porque alguém não o passou bem ou não o pegou bem. Precisamos ser leais para pegar bem o bastão e correr. Judas não pegou bem o bastão e caiu. Ele não segurou o que foi passado pra ele. Para corrermos a corrida sem deixar o bastão cair precisamos ser leais. A deslealdade não acontece do dia pra noite, é um processo muito lento e muitas vezes não percebemos o que está acontecendo.
A deslealdade tem alguns estágios:
O primeiro estágio é o do espírito independente
Quando fazemos parte de um grupo não podemos ser independentes.  Lembre-se que somos ovelhas e a ovelha é dependente do pastor que a está guiando.
Joabe era o braço direito do Rei Davi. Ele era o chefe do exército, um homem muito talentoso, mas ele era independente. Sempre que Davi falava algo ele dizia o contrário.
Ocorreu que Absalão entrou em guerra contra seu pai e Davi dividiu seu exército em três grupos, passando  uma orientação muito importante. “O rei ordenou a Joabe, a Abisai e a Itai: "Por amor a mim, tratem bem o jovem Absalão!" E todo o exército ouviu quando o rei deu essa ordem sobre Absalão a cada um dos comandantes.” II Sm 18.5.
Mas Joabe não assimilou a instrução: “E Joabe disse: "Não vou perder mais tempo com você". Então pegou três dardos e com eles traspassou o coração de Absalão, quando ele ainda estava vivo na árvore.” II Sm 18.14.
Quando descobrimos alguém com o espirito independente devemos colocá-la fora do nosso meio, porque o espírito independente é contagioso.  Os escudeiros de Joabe terminaram de matar Absalão.  Joabe contaminou todos os que estavam ao seu redor.

 “E dez dos escudeiros de Joabe cercaram Absalão e acabaram de matá-lo.” II Sm 18.15.
Se há algum líder auxiliar na igreja com o espírito independente ele deve ser tirado da liderança, do contrário ele contaminará todo o grupo.
Independência é a natureza da serpente e não somos serpentes, somos ovelhas.  Isso significa que não temos duas línguas, ou seja; não temos duas condutas, somos fiéis, somos leais. 
O segundo estágio é a  ofensa

Vivemos numa época em que muitas pessoas se sentem ofendidas. Em Mt 24 está escrito que as pessoas que se sentem ofendidas tem a tendência a traição.
Absalão foi ferido quando sua irmã Tamar foi violentada por Amomm. Cuidado com as feridas que fizeram em você, porque se não forem curadas, algo ruim poderá acontecer.
Dois anos depois que Tamar foi violentada, Absalão deu uma festa e convidou Amomm para a festa. Perceba que foram dois anos sem conversar com Amomm. A festa dada foi a oportunidade que Absalão encontrou para matar seu irmão.
O terceiro estágio é a passividade
O silêncio fala. Esteja atento as pessoas que não se manifestam positivamente quanto a liderança do seu pastor.
O quarto estágio é a crítica

Quando não estamos fazendo nada para o benefício de algo ou de alguém temos a facilidade de criticar quem está fazendo.
Absalão depois de matar seu irmão colocou-se em frente ao palácio do pai para criticá-lo. Cuidado com aqueles que gastam o tempo para criticar a liderança.
A paciência de Deus não significa que Ele é cego, mas revela sua misericórdia. Não se levante para criticar seu líder.
Use a armadura de Deus para ficar firme contra as ciladas do diabo.  A sua boca natural é a sua mão espiritual. Quando Deus diz: “Não toque no meu ungido.” Significa dizer: “Não fale mal do meu ungido.” O nosso ouvido não é lixeira para receber coisas ruins.

O quinto estágio é o engano
Como satanás pode pensar que poderia assumir a posição de Deus? Como Judas pode pensar que poderia vencer Jesus Cristo? Como Absalão pode pensar que poderia derrotar o próprio pai?
Precisamos respeitar aqueles que começaram antes de nós. Jesus se submeteu ao ministério de João Batista quando foi batizado por ele. O orgulho gera engano e torna as pessoas cegas, mas a humildade abre os nossos olhos.
O sexto estágio é a rebelião escancarada
Mirian e Arão se uniram para criticar Moisés porque ele havia se casado com uma africana.  Deus chamou Moisés, Mirian e Arão para uma reunião e disse a eles que Ele falava com Moisés face a face. Existem pessoas que acham que Deus não sabe o que está acontecendo.
O sétimo estágio é o fim de cada rebelde

Absalão foi morto, Judas foi morto... Faça tudo para evitar o caminho da rebeldia. Seja fiel, seja leal, isso transformará sua vida. Lembre-se:  Há uma recompensa para a fidelidade e a lealdade.  
Que Deus te abençoe!
Pr. Robert Dodoo
Edição: Renata G. Santana

back to top